quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Princesa Mononoke

No ano de 1997, Hayo Miyazaki faturou 160 milhões de dólares com a animação Princesa Mononoke. Hoje, no ano de 2012, penso que ele deveria ter faturado muito mais. Princesa Mononoke é de longe, uma das melhores animações que já vi na vida, o que não é pouco, levando em consideração que sou uma fã descontrolada de animes e fã de longa data dos estúdios Disney, Ghibli e Dreamworks.

Em Princesa Mononoke somos apresentados a Ashitaka, um jovem príncipe que é amaldiçoado por um demônio javali na tentativa de proteger sua aldeia.

Ashitaka sabe que a maldição sugará toda a sua vida e que o ódio tentará se espalhar por seus pensamentos e ações, então, decide partir em uma jornada a fim de encontrar uma cura para a maldição.

No caminho, encontra uma floresta que está sendo devastada para a extração de ferro sob a liderança de Lady Eboshi, uma mulher que tem como pretensão conquistar o mundo através do poder bélico, nem que para isso tenha de enfrentar a ira dos deuses e de San, a princesa lobo, habitante e protetora da floresta.

Ashitaka tenta ajudar os dois lados, mostrando para Lady Eboshi e seus homens a importância da preservação da floresta e ao mesmo tempo, mostrando a San e aos habitantes da floresta que podem conviver com os seres humanos, ao invés de destruírem uns aos outros.

A animação é uma verdadeira mensagem ecológica dita de forma suave e precisa, através de belas cenas e de personagens extraordinárias e bem construídas, com seus diálogos simples e tocantes e seus conflitos interiores e incertezas à flor da pele.

Também encontramos em Princesa Mononoke uma trilha sonora muito bonita, além do traço marcante de Miyazaki, que deixa a animação, mesmo na tela, com aspecto de aquarela.

2 comentários:

Raíssa disse...

Bom, sou suspeita pra falar porque amo as animações do Miyazaki! *-* Ainda não assisti Princesa Mononoke, não sei porque, nunca me chamou a atenção... ._. Agora fiquei interessada!

Tem um selinho pra vocês lá no blog!

bjs!

Aléxia Roche disse...

Oi Raíssa, obrigada pelo selinho, eu e o Ricardo agradecemos o carinho. É bom saber que Literatura, Cinema & Cia faz parte dos blogues que você gosta.

Princesa Mononoke é realmente imperdível, do tipo que todo fã do Miyazaki precisa conhecer!

:)