quarta-feira, 5 de outubro de 2011

O Meme Literário - Dia 05

Você costuma abandonar a leitura de um livro?

(Você está no meio da leitura de um livro, só que está odiando. É chato, sem graça, mal escrito… O que faz? Larga-o na mesma hora ou persiste até o final?)

Não costumo abandonar nenhuma leitura e quando o livro é muito chato, fico na esperança de que o mesmo contenha algo de bom, nem que seja na última página.

Mas, tem dias que a leitura empaca e não prossegue nem com reza brava. Já abandonei muitos livros, a maioria de Literatura de Autoajuda, Best-Sellers e até alguns clássicos como O Ateneu (vou voltar a ler um dia).

Confesso que tenho preconceito literário para com a Literatura de Autoajuda e o fato de abandonar os livros do gênero, talvez se justifique por eu já ter uma opinião formada de que eles não prestam.

Sempre passo longe dessas prateleiras e quando ganho algum livro do gênero troco no sebo, mas o pior mesmo é aquele parente que sabe do seu amor pela leitura (e acha que você lê qualquer coisa) e te presenteia com autoajuda barata, romances de banca e livrinhos da moda. E depois, como se já não fosse suficiente, diz: Achei o livro a sua cara!

Ninguém merece!

Voltando ao Meme, é difícil quando abandono uma leitura, depende do meu estado de espírito, geralmente persisto até o fim.

Até a próxima!

5 comentários:

Ana disse...

tb nao sou fã de auto-ajuda, chick lit e nem best sellers, não consigo ler até o fim. Adorei a frase do Pe Antônio Vieira.;)

Aléxia Roche disse...

Ana - Não recomendo nem aos inimigos Lit. de Autoajuda, só não consigo acreditar nas vendas absurdas que esses livros fazem!
Também adoro a frase! É inspiradora.

auslaender disse...

Li O Ateneu nos tempos de escola, e não me arrependi (ok, sou suspeito pra falar). Acho que hoje seria uma leitura mais maçante, num ritmo mais lento pra um adulto. Mesmo assim, recomendo, junto com O Pequeno Nicolau, do Goscinny.

E também adorei a frase do Pe. Antônio Vieira!

MARCO ANTONIO disse...

Olá Alexia, que legal que vc está seguindo meu blog, pois desta forma, descobri o seu e gostei. (já estou seguindo). Entre depois no meu blog e veja como proceder para o envio de uma recomentação (tanto livro como filme). Li o seu artigo e gostei. Eu tenho uma teoria, os livros de auto-ajuda até têm fundamentos: ajudam quem escreve!!!! Normalmente falam o óbvio e o mais incrível é como se a "pérola" dita fosse algo que ninguém jamais havia pensado. Gosto de ler biografias ou livros históricos. Com o tempo vou "fuçar" mais os arigs do seu blog. Abraços.

Aléxia Roche disse...

auslaender - Já tem uns dois anos que abandonei O Ateneu. Ainda não desisti completamente dele, quero voltar a lê-lo um dia. Ah, já li O Pequeno Nicolau, é uma graça!


Marco Antônio - Acho que só ajudam quem escreve mesmo. O pior são os leitores que decoram essas "pérolas" e ficam postando por aí. rsrs
Também gostei do teu blog, e estou acompanhando suas postagens.


Obrigada pelos comentários!